ÚLTIMO ATO AUTORIZATIVO
Autorização - Portaria UMC/GR 15 de 22 de Outubro de 2020

DURAÇÃO

6 semestres

PERÍODO

Matutino e Noturno

COORDENAÇÃO

Profª Tatiane Faustino de Moraes

AGROECOLOGIA

Capacita o profissional para o desenvolvimento de uma agricultura sustentável, podendo atuar com produtos orgânicos e no setor agroquímico.

O Curso Superior de Tecnologia (CST) em Agroecologia da Universidade de Mogi das Cruzes vai habilitar o aluno para planejar, monitorar, executar, analisar e certificar os sistemas de produção agrícola, sempre focado em práticas que não agridem o meio ambiente e promovem novos meios de desenvolvimentos sustentáveis. Além disso, o profissional segue preparado para implantar sistemas de produção animal e vegetal, ou seja, além de trabalhar com a horticultura, o tecnólogo em Agroecologia também poderá atuar com tecnologia animal. O cultivo de plantas ornamentais é forte na região do Alto Tietê, por isso, a UMC também trouxe esse conteúdo para desenvolver nas aulas.

Como mercado de trabalho, os profissionais também podem assessorar órgãos públicos e empresas privadas, trabalhar com consultoria e políticas públicas. O tecnólogo segue capacitado para atuar em propriedades rurais, cooperativas, associações, movimentos sociais, órgãos governamentais, dentre outras organizações do setor agrícola e agrário. O especialista ainda tem a possibilidade de trabalhar em empresas de certificações, de planejamento e desenvolvimento de projetos, assessoramento técnico e consultoria e empreendimento de agricultura familiar.

DIFERENCIAIS DO CURSO

  • A UMC é pioneira na região com o curso de Agroecologia; 
  • Parcerias com a Prefeitura de Mogi e a Secretaria Municipal de Verde e Meio Ambiente, trazendo a possibilidade de inserir o aluno no mercado de trabalho por meio desse convênio; 
  • Projetos diferenciados que inserem o aluno para o aprendizado prático, levando-o para atuação em campo; 
  • Infraestrutura completa dos laboratórios para a execução das aulas práticas; 
  • Laboratório com estrutura para monitoramento do clima; 
  • Realização de Iniciação Científica (PIBIC) nos núcleos de Pesquisa da UMC; 
  • Biblioteca física e digital atualizada; 
  • Corpo docente, predominantemente, constituído por mestres e doutores com ampla experiência profissional e acadêmica.

ESTAMOS QUASE LÁ!